Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  Notícias

Dia do Combatente – Centenário da Grande Guerra – 82ª Romagem ao Tumulo do Soldado Desconhecido


14.04.2018 - Realizaram-se em 14 de Abril no Mosteiro de Santa Maria da Vitória na Batalha as comemorações do Dia do Combatente e a Evocação do Centenário da Batalha de La Lys, com cerimónias presididas pelo Presidente da República, Comandante Supremo das Forças Armadas e Presidente de Honra do Conselho Supremo da Liga dos Combatentes. As cerimónias iniciaram-se com uma celebração eucarística que foi presidida pelo Bispo Emérito de Portalegre e Castelo Branco coadjuvado por três capelães dos três ramos das Forças Armadas. A igreja do Mosteiro estava completamente cheia com combatentes e familiares e com os guiões de cerca de cem Núcleos e Associações de Combatentes.


Estiveram presentes para além do Presidente da República, o Chefe do Estado-maior General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro, os três Chefes do Estado-maior dos ramos (Marinha, Exército e Força Aérea), o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Dr. Marcos Perestrello, vários deputados  e membros da Comissão de Defesa nacional, o Presidente da Câmara  e o Presidente da Assembleia Municipal da Batalha, Embaixadores da Alemanha, da Roménia e de Timor, representantes dos embaixadores da França, do Reino Unido, de Angola e de Moçambique, muitos Oficiais Generais,  Adidos de Defesa Militares acreditados em Portugal e várias entidades oficiais nacionais e locais.

O largo do Mosteiro encontrava-se pejado de combatentes e familiares que assistiram aos discursos e ao desfile das forças em parada que aplaudiram com palmas.

Realizou-se uma simbólica homenagem aos combatentes da Grande Guerra com a entrega das mais altas condecorações conquistadas no campo de batalha por um combatente ao Presidente da Liga dos Combatentes para ficarem expostas no Museu das Oferendas junto de outros testemunhos idênticos. Estas condecorações guardadas há cerca de cem anos pela família Tribolet pertenciam ao Major Filipe Tribolet, sócio nº 264 da Liga dos Combatentes e constam de Medalha da Torre Espada Valor, Lealdade e Mérito, a Cruz de Guerra de 2ª classe, Cavaleiro da Ordem Militar de Aviz, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Medalha de Mérito da Cruz Vermelha, Medalha da Vitória e Medalha Comemorativa do Corpo Expedicionário Português – França 1914/1918, resultantes da sua ação em La Lys e o louvor que lhe deu origem. O Presidente da Liga considerou que a entrega simbólica destas insígnias nesta cerimónia são uma forma de homenagear, não só o Major Filipe Tribolet e a sua família, mas todos os que com ele se bateram há precisamente cem anos, na Flandres, na Batalha de La Lys reavivando a memória e a História e enriquecendo o heróico espólio do nosso Museu.

Seguiram-se os discursos do Presidente da Liga dos Combatentes e do Presidente da República e o desfile das forças em parada, após o que as entidades oficiais se dirigiram para o Museu das Oferendas para apreciarem todas as insígnias ali expostas.

Os guiões posicionaram-se nos claustros para homenagearem a passagem do Presidente e das entidades até à Sala do Capítulo onde se realizou a cerimónia de Homenagem aos Mortos em Defesa da Pátria e o descerramento duma placa evocativa do Centenário da Grande Guerra pelo Presidente da República. No seguimento da cerimónia houve a deposição de flores junto ao Túmulo do Soldado Desconhecido pelas entidades presentes e pelas associações de combatentes e foram prestadas Honras Militares aos Mortos caídos em Defesa da Pátria com os toques de silêncio e de alvorada, finalizando  as cerimónias com o Hino Nacional tocado pela Banda do Exército.

Houve depois o habitual almoço de confraternização no Regimento de Artilharia em Leiria que reuniu cerca de 500 combatentes e familiares.

Palavras do Presidente da Liga dos Combatentes